LarEVida
FacebookTwitterRss
Menu navegação

Quem Somos

Missão

A missão do LarEVida é realizar um trabalho de humanização do tratamento oncológico, melhorando a qualidade de vida e auto-estima dos pacientes, oferecendo-lhes apoio psicológico, fisioterápico, jurídico, odontológico e nutricional e também trabalhar o combate ao câncer, através da educação preventiva.

Como tudo começou

Lar Esperança e Vida Mateus Loureiro Ticle foi idealizado no ano de 1995 pela atual presidente voluntária Dalvany Divina da Silva que, na época, cuidava, de uma paciente portadora de câncer. Vivenciando as inúmeras dificuldades enfrentadas pelos pacientes oncológicos, Dalvany levou a idéia de minimizar os sofrimentos das pessoas com câncer, ao grupo de oração Irmã Sheila, composto por amigos seus. Nasceu assim a semente do LarEVida.

Pouco tempo depois, participantes desse grupo fizeram a doação de quatro lotes no bairro Nova Era II, concretizando e expandindo a proposta de fundar uma casa de apoio para atender os pacientes oncológicos. Em 2002, foi fundado formalmente o Lar Esperança e Vida Mateus Loureiro Ticle.

Como nasceu o nome

Inicialmente o grupo de fundadores escolheu o nome Lar Esperança e Vida por assim relacioná-lo:

Lar – lugar de acolhimento, aconchego
Esperança – vislumbre de dias melhores
Vida – maior bem pelo qual devemos lutar sempre.

Mas, uma das participantes do grupo e co-fundadora do LarEVida – Maria Ângela Fargnoli Martins Goulart, levou ao conhecimento dos demais membros do grupo, dois casos de câncer: Fátima Loureiro Ticle com 36 anos e seu filho Mateus Loureiro Ticle com 11 anos. A situação daquela família, que vivenciava o enfrentamento simultâneo de dois casos de câncer, emocionou a todos.

Após o falecimento do filho Mateus, com 12 anos, Fátima, que mesmo enferma, tinha se juntado ao grupo inicial de apoio aos portadores de câncer, foi contemplada, pelo grupo, com a proposta de homenagear a memória de Mateus, nomeando a Casa de Apoio.

Ficou assim definido o nome da instituição – Lar Esperança e Vida “Mateus Loureiro Ticle” – que foi juridicamente fundada e registrada em 22 de agosto de 2002.

A união faz a diferença

Nessa caminhada, inúmeras campanhas foram feitas para que este trabalho pudesse ter continuidade. Várias pessoas foram se interessando pela da Instituição, aderindo à causa, juntando-se ao grupo, mas também crescia a busca de ajuda, o número de pacientes cadastrados, a necessidade de construir a sede para melhor atender a todos. Para custear essa realidade, foi criado em 2005, o setor de tele-doações.

A resposta positiva de toda a comunidade de Lavras possibilitou a realização do projeto e continua mantendo financeiramente a instituição que hoje atende a mais de duas centenas de pacientes cadastrados em sua sede própria, inaugurada em 19 de maio de 2007.

Comentar usando o facebook